Thursday, April 16, 2015

WELCOME TO HAWAII

Oi gente!
Como alguns já sbem, minhas férias começaram oficialmente em 13/04/2015 e eu vim parar no Havaí! Já fazia tempo que queria vir para os lados de cá ( motivos óbvios como praia, sol, calor, etc.. ) e também pelo fato da minha amiga Dani morar aqui e eu estar devendo esta visita.

Quando soube que minha irmã estava gravidinha, já me esquematizei toda desde o ano passado com as passagens para UK para pagar em 8.432 prestações e porer visitá-la. Porém, como o frio é uma coisa que realmente me faz mal, me deprimee tudo o mais e como a casa da Drish já teria minha mae, ela estaria com um bebê recém nascido e bem estressada, eu decidi também não ficar todo o tempo das férias por lá.

Procurei assim como quem não quer nada passagens UK- Hawaii-UK e , para minha ENORME surpresa, a passagem era $600 USD. Cara, óbvio que eu tinha que ir.




Dani fofolenta foi me buscar no aeroporto de Honolulu e o encontro foi muito legal. A internet é maravilhosa para nos comunicarmos, mas nada substitui o dia a dia, o face to face. Daí a gente se abraçava e falava um monte, daí abraçava e falava um monte depois. kkkk

Dani & Eu sensualizando. Nem precisava dizer né? Tá óbvio! Hihihihi


Como fome constante também é algo que temos em comum, antes que eu fosse para o Hostel, fomos comer. O local escolhido foi o The Cheese Cake Factory, onde eu NUNCA havia ido porque eu achava que só tinha doce e que passou a ser muito famoso na minha vida por causa do seriado  The Big Bang Theory.
Comi salmãozinho e Dani saladinha e continuamos falando pra carái. 

Como todos sabem, a Dani para trânsito, plano de vôo, campeonato de surf, academias, lançamentos de foguete, etc, etc.. porque é GATA ao infinito. Então, óbviamente, fomos paradas por um cara que queria vida com ela, que tava bêbado doidão e ainda duvidou que ela era casada querendo que provasse que era mostrando a aliança. Folgado!!
Claro que a caminhoneira sem paciência que habita meu ser falou pro brother que ela não tinha que provar nada e o fdp vai e me faz "sssh, ssshh, shhh ".



Cara......
Foram 11h de vôo de UK até Los Angeles, 3h de aeroporto até a conexão e mais 6h de Vôo de Los Angeles até Honolulu e o cara me faz uma dessa? Enfim, confusão danada...
Hahahaha
Mas ficou tudo certo.
Lá para 1h da manhã fui para o meu hostel que eu recomendo a TODOs, porque é muito limpinho e vibe boa também.



Cara, o lugar não poderia ser melhor. E o quarto tem cozinha, geladeira mega, cofre, maior bom!! Dá uma olhada.



Um pouquinho da visão de fora do Hostel.


video


E um pouquinho da visão da região onde estou.


video


Bem, é isso.
Escrevo mais em um próximo post para não ficar muito pesado!

Até!




Gostou deste artigo? Então clique no botão ao lado para curti-lo e Twitta-lo!!

Monday, April 06, 2015

E EU SOU TIA.....


Pois é, ladies and gentlemen, agora sou tia. Quer dizer,eu já era tinha do meu sobrinho Leleco por “uso capião” do meu marido. Leleco é filho da minha cunhada. Mas agora eu sou tia da filha da minha irmã.
That’s right, minha única irmã e mais nova do que eu já é mamãe. E por conta deste acontecimento é que me encontro na entrada do Portão de Embarque 36 do Terminal 3 do Aeroporto de Guarulhos em São Paulo em 05 de abril de 2015.

 
É por conta deste acontecimento que eu fiz babyliss no pouco cabelo que restou depois de matizar as pontas de azul em casa.





E é por conta deste acontecimento também que decidi voltar a escrever no blog, independente de leitura de terceiros ou não.  Escrever sempre foi minha forma de organizar as idéias e já fazia um bom tempo que não fazia isso.

Quer dizer, eu sentia muita vontade de escrever as vezes, mas acabava não escrevendo por não considerar o que tinha a escrever relevante. Mas tipo, o blog é meu, eu escrevo o que considero relevante e acabou. Tipo ditadura.....rsrsrsrs
#credo

Da ultima vez em que estive aqui, tinha decidido tentar treinar CROSSFIT porque não me havia sido possível competir no Powerlifting em 2014. E de lá para cá, com exceção da mídia ultra rapida e sucinta do instragram, mais nenhum outro registro ou reflexão. Percebi que isto não me fez muito bem. Muitos se passou e eu não registrei as reflexões que organizam o meu pensamento, mesmo as frustrações. E o que estava acontecendo, apesar de sempre parecer empolgada ( e até estar ) com meus treinos é que o acumulo de acontecimentos não digeridos estava me consumindo.

Foram eleições, Natal fora de Época, Ano o Novo em casa, questões financeiras, questões corporativas, questões de direcionamento nos treinos, questão de direcionamento na dieta, questões de direcionamento intelectual, direcionamento espiritual e até questões familiares que pareceram misturar-se todas em um saquinho de peças de quebra cabeças, sacudido e jogado no chão para eu catar.

Minha sobrinha então nasceu: Amanda

E eu resolvi catar as peças.
E organizar.

Volto então aos posts narrando minha viagem à Terra da Rainha e tudo o que vou concluindo a partir de lá.

Beijocas!

Gostou deste artigo? Então clique no botão ao lado para curti-lo e Twitta-lo!!

Tuesday, October 28, 2014

ESSÊNCIA

Eu tenho algumas tatuagens. Menos do que gostaria, é verdade, mas todas em seus devidos momentos.
A primeira tatuagem que fiz foi um kanji próximo da minha nuca que significa "Essência".
Essência é por definifição o que constitui a natureza de um ser, "aquilo" com o qual vc nasceu, que te define, define suas ações nos seus momentos mais primitivos. É algo visceral, do qual vc não pode se livrar. Em linguagem nerd, seria o seu hardcode.



Eu tatuei a palavra essência assim que me formei na faculdade. Eu acredito que lá descobri minha verdadeira essência.

A faculdade é/ foi para mim o primeiro exemplo do que é o mundo civilizado". Foi um  trailler do que é "a sociedade". Os codigos de conduta sociais, as panelinhas, os amores, os dissabores, as responsabilidades comunitárias e o preço que se paga em busca de estimular o intelecto a expandir. É lá que vc aprende a importância de ser auto-didata, aprende a pegar pistas, aparentemente disconexas, para montar um raciocínio e resolver seus problemas: físicos, matemáticos, pessoais, não importa. Ninguém vai resolver para vc, ninguém liga para vc! Somos uma massa gigantesca de pessoas em um prédio gigante, todas sendo e precisando ser autônomas, independentes e conscientes das consequencias de suas decisões. E não se engane, amigo, todas tem consequencias e vc é o único responsável por elas. Vc tomou àquelas decisões. Todos juntos, mas todos sozinhos.
Vc aprende, ou ao menos deveria aprender se refletisse por dois minutos, que vc tem sim livre arbítrio, mas que sua liberdade não pode ser maior, mais importante que a do outro.

Na "escola" tem as pessoas do bem, as pessoas do mal e vc é exposto à tudo. Não há filtro, não há proteção, não há pais, mães pra te dizer o que fazer. E, no meu caso, minha "escola" durava 5 anos.

E eu considero que foi lá, na "escola" de engenharia que tive a revelação, a compreensão de qual era a minha essência. Eu vivi cada uma das minhas escolhas. Foi libertador.
Eu sou o que sou, acho que há muito tempo, talvez eu tenha sido uma criança "velha" como uma numeróloga uma vez me falou, mas foi na faculdade que eu entendi o que eu era.



Foi lá que eu entendi a importância de dizer não, para o bem de amigos, mas principalmente para o seu próprio.

Auto-conhecimento traz paz,  a tal paz interior. Aquele tipo de paz que te permite viver em paz com outros, não importa o quão diferentes sejam de vc. Isso não quer dizer, em absoluto, que vc não terá problemas, não ficará triste, não vai sofrer, nada disso.
Mas essa paz te dá a certeza de que vc vai encontrar o caminho, que vc saberá tomar as decisões difíceis que por ventura tenha que tomar porque vc SE CONHECE.

Não existe um motivo específico para este texto de hoje a não ser desejar que vcs também procurem se conhecer, que procurem ser seus melhores amigos, que tenham confiança de que as decisões que vão tomar na vida permeiam sua essência, para que não sofram, para que não se agridam e asism, não agridam os demais à sua volta.

Todas as vezes, desde então, que senti minha essência em perigo, eu mudei: mudei de relacionamento, de emprego, de atitude. Sempre chamando para mim a responsabilidade. Porque ela é minha mesmo.
Nào importa o que as pessoas possam achar,o que seus familiares vão achar, não importa nada disso. O que importa é vc estar se sentido pleno em seus julgamentos e ações. É você estar sendo verdadeiro com aquela luzinha que mora dentro de vc: sua essência.
 

Um beijo!
Gostou deste artigo? Então clique no botão ao lado para curti-lo e Twitta-lo!!
/* ADSENSE CODE